Saudemos a saúde, por Thiago Gusso

Inauguração de um novo posto de saúde e terceirização dos serviços médicos de emergência. Será que estamos vivenciando, realmente, uma revolução nos serviços públicos de saúde em Itapoá? Eu vejo tudo isso com alguma desconfiança: nesse aspecto, sou um pouco discípulo de São Tomé, que só acreditou vendo. Mas o discurso da Prefeitura local é exatamente esse, de que se trata de um passo gigantesco para a saúde itapoaense. Recentemente, estive com minha mãe para um atendimento médico no PA (Pronto Atendimento). Com um ambiente lotado de pessoas sentindo dores,…

Read More

Mais poluição, por Werney Serafini

Não bastasse mar e rios poluídos por uma infinidade de produtos, descobre-se agora mais um poluente: os microplásticos, minúsculas partículas oriundas da fragmentação do plástico lançado no ambiente. Estudo realizado por pesquisadores do Departamento de Ciências do Mar da Universidade Federal de São Paulo, campus da Baixada Santista, constatou a existência de partículas de microplásticos, com tamanho inferior a cinco milímetros, nas areias das praias e rios brasileiros. Com um sério agravante: em quantidades significativas. Peixes de água doce e organismos marinhos, ao ingerirem os microplásticos, são vitimados pelos efeitos…

Read More

Cultura e Communitas, por Mutti Kirinus

Emprestamos o conceito de limiaridade de Victor Turner para refletir sobre nosso tema constantemente revisitado sob diferentes perspectivas, a cultura. Em seu estudo antropológico dos ritos de passagem, Turner descobriu que em toda sociedade estruturada, existem lugares e momentos de limiaridade. O espaço e momento ‘limiar’ tem a característica de estar na fronteira entre o mundo estruturado com suas castas, classes sociais, status, divisão de trabalho, etc., e o mundo não organizado, homogêneo e igualitário. Esse modo de relação igualitário na limiaridade, ele batizou de communitas. Esse momento ‘limiar’ tem…

Read More

Itapoá Notícias nº 127 – Novembro de 2017

Final do ano está aí e, com ele, mais uma temporada de verão. O 11º mês chega com boas notícias e aqui no seu jornal mensal, destacamos o 9º Encontro de Trilheiros Italama, tradicional evento que, mais uma vez, reuniu centenas de adeptos e apreciadores da prática de trilha por moto e/ou quadriciclos. Ano que vem, tem mais (PG. 06). Também destacamos, o empenho da Fundação Pró-Itapoá, que discute com a sociedade civil, os caminhos necessários para uma Itapoá melhor (PG. 10). Falando em cidade melhor, esta edição 127 do…

Read More

Mais por menos, por Thiago Gusso

Não é novidade para ninguém que o Brasil tem uma das maiores cargas tributárias do mundo. Na contramão disso, dispomos de baixíssima infraestrutura em relação a inúmeros países com tributação inferior à nossa. O custo benefício de nossos impostos é muito pequeno e isso é alvo de manifestações constantemente. A pergunta que se faz é: para onde vai tanto recurso arrecadado? Por que não vemos a aplicação deles na prática? Por que o custo Brasil é tão alto? São várias as perguntas que ficam no ar… Nesse contexto, há diversos…

Read More

A criação Unidades de Conservação, por Werney Serafini

Duas questões são básicas para a criação de Unidades de Conservação: Uma, priorizando a manutenção, regeneração e recuperação ambiental, tratando a organização do espaço territorial a partir da integração dos ecossistemas, objetivando linearidade e conexão entre as estruturas, promoção da biodiversidade animal e vegetal, drenagem, controle da erosão e outros tantos serviços ambientais que justificam a conservação dos sistemas naturais. Outra, voltada a organização do espaço territorial para desenvolvimento de atividades direcionadas ao lazer, ao convívio, e as práticas esportivas, agregando-as às condições ambientais. As bacias hidrográficas, atualmente, servem como…

Read More

Desobediência Civil e Cultura, por Mutti Kirinus

Contando a história do Violão Brasileiro para os alunos das escolas municipais de Itapoá, através do projeto Sua Majestade o Violão, encontramos dois exemplos de desobediência que favoreceu toda a história da música brasileira. Como, na época, o violão era um instrumento marginalizado, tanto Américo Jacomino (São Paulo, 12 de fevereiro de 1889 — São Paulo, 7 de setembro de 1928) – o Canhoto – como Heitor Villa Lobos  (Rio de Janeiro, 5 de março de 1887 — Rio de Janeiro, 17 de novembro de 1959 estudavam e praticavam o…

Read More